19 de agosto de 2011

Agosto chegou...



Nunca fui muito de acreditar em superstições, apesar de já ter feito minhas simpatias na adolescência (que não deram em nada)! Chego a achar algumas um pouco exageradas, como assim os argentinos não aconselham lavar a cabeça durante o mês de Agosto? Tem medo da morte mas não tem medo de pegar seborreia (nojinho)!?


Esse ano o mês de Agosto chegou pra mim feito um tsunami!!!
Decidimos que não era justo incluir Victor nessa correria que é nosso dia-a-dia e impor a ele uma rotina de "trabalho", contratamos uma empregada pra dormir e colocamos ele no transporte escolar, apesar deu não estar muito satisfeita com a empregada (mas vou tentar fazer meus ajustes antes de procurar outra), contratamos uma pessoa pra nos ajudar no escritório (depois de três dias cansativos de entrevistas), a quantidade de pedidos e cotações tem aumentado muito com a proximidade do verão, reuni a família lá em casa pra comemorar o dia dos pais (cansativo mas amo), a empresa que está montando a loja virtual vai entregar o site e eu ainda não cadastrei todos os produtos, temos uma viagem para São Paulo dia 26 para feira de utilidades e decorações (que provavelmente irei cancelar), dia 3 de Setembro meu pai faz 70 anos (não poderia deixar passar em branco) mas ainda falta muito o que organizar... Pra completar a bagaceira, fizemos a mudança do escritório sozinhos (isso mesmo, desmontar, carregar e montar)!  

Seria injusto dizer que tem sido um mês de desgosto, ao contrário tem sido um mês de muito trabalho e decisões... Acho que nunca trabalhei tanto em minha vida, tenho chegado no escritório 8 e saído entre 20 e 22h, quando chego em casa e deito pra tentar descansar, "Tico e Teco" encistem em ficar repassando tudo que ainda tenho a fazer, acabo levantando e ligando o computador pra adiantar um pouco do que está pendente, chega uma hora que apago e largo o computador ligado do lado da cama, pouco tempo depois já é hora de levantar e começar tudo novamente... 

18 de julho de 2011

O drama na hora da escola


Primeiro dia de aula

Todos os dias me preparo psicologicamente sem saber o que vai acontecer... Um dia é dor de barriga, o outro é dor de cabeça e por aí vão as desculpas na hora de entrar na escola! Sinto que ele gosta da escola e tem um bom relacionamento com os colegas e com a professora, o que me preocupa é esse excesso de dependência que ainda tem conosco!

Coloquei Victor na escola aos dois anos, mais não ficou nem três dias, pois no terceiro não passou do portão, agarrou no pescoço do pai com tanto desespero que acredito que pai nenhum deixaria seu filho na escola naquele estado! 

Concordamos em mudar de escola e só colocar ele no ano seguinte... Mas o drama continuou, foram dois anos de muito choro e sofrimento, tanto dele quanto meu! Fazia o possível pra ser forte (coisa que não sou) e segurava a emoção na hora de "largar" ele aos prantos chamando por mim, mas bastava sair da visão dele pra eu desabar no choro...

Hoje ele ta com seis anos e o choro diminuiu muito, acontece vez ou outra, mais é um "parto" todos os dias na hora de deixar ele na escola, sente de tudo e faz aquela cara de cachorro que caiu da mudança, pede pra levar no banheiro porque tem vergonha de ir com outra pessoa, ou pede pra ir até a porta da sala pra ver se a pró não quer falar comigo... Mais se levo até a porta da sala a coisa complica ainda mais e tenho que ser dura com ele!

Festa junina desse ano (Foto: Mariana Dourado)

Sinceramente, não sei se eu errei em algum momento ou se ainda estou errando, mas confesso que não tem sido fácil! Tenho pesquisado muito sobre o assunto e pensado em procurar ajuda de um psicólogo infantil, não sei mesmo o que fazer e pra completar sinto que meu tempo está cada dia mais escasso devido ao trabalho!


1 de julho de 2011

Ansiedade minha de cada dia




Sempre que fico assim preciso me distrair pra esquecer os anseios... E a vítima dessa (e outras) vez foi o blog, nome e endereço novo pra variar...
Ultimamente não tenho tido tempo pra nada mais quero tudo!


11 de maio de 2011

Trabalho em família



Algumas coisas aconteceram nesse mês que passou, mais cadê o danado do tempo que não me sobra pra postar?
A mudança foi bem cansativa, meu irmão e Lipe nos ajudaram a carregar os móveis, mais a montagem acabou ficando comigo e Paulo mesmo, quando acabamos estávamos quebrados!
Depois vieram os transtornos com a Oi e a Coelba, ficamos alguns dias sem linha telefônica e outros vários dias sem conexão do Velox, o ar condicionado só pudemos instalar quando Coelba teve a boa vontade de vir trocar o padrão da energia, nisso se foram quase duas semanas de calor!
Contratamos uma secretária, mais a pesar da boa vontade dela era muito inexperiente, a ajuda que eu precisava era de imediato e não podia dispor de muito tempo pra ensinar coisas básicas! Dois dias depois que dispensamos ela, Paulo me liga perguntando o que eu achava de Lipe nos ajudar na parte da tarde, adorei a idéia apesar de me preocupar com o desempenho dele na escola, mais acredito que trabalhando conosco ele possa ter uma boa base e desenvolva o senso de responsabilidade! Hoje faz uma semana que ele começou a trabalhar, pegou rápido o funcionamento de dois programas que usamos bastante e tá bem animado!
Victor já está adaptado, vem comigo pela manhã e depois que faz a tarefa escolar tem a disposição dele computador, tv, dvd e vídeo game! A manhã passa tão rápido que quando vemos já ta na hora de almoçar e deixar ele na escola!
A carga de trabalho não diminuiu, apesar de estarmos no período em que as vendas caem devido a baixa estação, mais graças a Deus está tudo entrando nos eixos!


6 de abril de 2011

Tudo novo de novo...



A exatamente 1 ano, cá estava eu toda feliz com a mudança do escritório pra nossa casa (pra quem não lembra, tem detalhes nesse post aqui)! Tudo ia muito bem obrigada, me realizando como profissional, perto dos filhos e sem o desgaste do deslocamento nesse transito louco de Salvador e redondezas... Até que o volume de trabalho aumentou de tal forma, que de prazeroso passou a ser desgastante e cansativo!

Como a merda nunca vem só, fiquei sem empregada que passou a ser diarista e só poder vir duas vezes na semana! Quem me conhece sabe que é difícil eu me entregar e na maioria das vezes, pouco transpareço que no fundo estou só o bagaço e precisando mesmo é de um colo! Mais está sendo impossível aguentar a jornada de trabalho em meio a tarefa escolar de Victor, farda pra lavar/passar, almoço pra fazer e 11:30 Victor estar tomado banho, almoçado, dentes escovados e cabelos penteados pra esperar o "tio do transporte"! Sem contar a preparação do lanche natureba dele, que faço questão de fazer todos os dias! 

Essa semana fechamos com mais uma empresa e hoje Paulo viajou pra assinar o contrato, como ele não quer ver a mulher numa camisa de força, já começamos a procurar uma secretária e alugamos a sala em Lauro!

Hoje começo a encaixotar tudo e peço a transferência da linha telefônica, acredito que no sábado já esteja tudo arrumado pra segunda recomeçar a labuta!
Felipe não me preocupa tanto por já se virar bem sozinho, mais Victor terei que levar comigo até dar o horário de deixar ele na escola!

Peço muito a Deus força e sabedoria pra conduzir bem essa nova fase!

1 de abril de 2011

Pequeninices



"Gente, cor, coisa, fragmento.
Todo dia o olho enxerga simplicidades que a gente não vê!"

Imagens: Manu Melo Franco

12 de março de 2011

Um Francesinha metido a besta!



Achei massa a nova versão do Francesinha, pintando a unha fosca e as pontas com extra-brilho! Me ganhou e no momento é "o queridinho"!
Como meu extra-brilho acabou, usei o próprio esmalte pra pintar as pontas! É, o esmalte também não é fosco, mais me viro com o que tem... Esse é o Frisson da AH, aquele primo pobre do Particulière da Chanel (o tão cobiçado e desejado da blogosfera), usei por cima dele uma cobetura transparente com efeito fosco depois pintei as pontas com o próprio Frisson!

Essa foi a foto que me serviu de inspiração


Fica bem mais fácil se já pintar a unha com um esmalte fosco e passar nas pontas o extra-brilho! #FicaDica ;)

9 de março de 2011

Saudade x Acontecimentos x Resumão

O trabalho tem me deixado distante daqui e tantas outras coisas que gosto, o livro "O Morro dos Ventos Uivantes" mesmo tadinho, tenho me arrastado na leitura! Estou adorando o livro, mais além do cansaço devido a sobrecarga no trabalho, cometi um pequeno deslize que pra mim é fatal numa leitura, ver o filme antes de terminar o livro, as comparações passam a ser inevitáveis!
Mais não vamos reclamar de trabalho né, não conseguiria me ver sem ele, claro que poderia ser só um pouquinho menos! Rss...


O niver do filhote mês passado foi ótimo, muito trabalho mais ver ele feliz não tem preço!!!
Faria tudo novamente e se pudesse dispor de tempo faria ainda mais!


Cheguei ontem de Barra do Itariri, passei o carnaval lá com a família e recarreguei bem as energias antes de voltar a labuta! Pena que tivemos que voltar antes pra terminar o que ficou pendente do trabalho e perdemos um dia do pacote (pra variar)!


Niver se aproximando e eu deprimindo por passar longe do marido! Quase todo ano é assim por causa da Gift Fair que acontece justamente no período do meu aniversário e até hoje não acostumei! Bom é que o niver dele é uma semana depois e podemos comemorar em dose dupla!!! 


Espero voltar muito em breve!!! 


4 de fevereiro de 2011

"A Última Música"


Terminei de ler essa semana “A Última Música” e ainda estou repassando a história na memória!
Uma coisa que achei bacana foi o livro contar a história dos outros personagens, deles não aparecerem como simples coadjuvantes e me emocionou muito a forma leve de abordar a presença de Deus, de como buscamos ele e não nos damos conta de estarmos tão perto!
Livro delicioso de ler e emocionante, consegue abordar ao mesmo tempo questões como amor, amizade, família e seus valores!

Sobre o livro

"Aos dezessete anos, Verônica Miller, ou simplesmente Ronnie, vê sua vida virar de cabeça para baixo, quando seus pais se divorciam e seu pai decide ir para a praia de Wrightsville, na Carolina do Norte. Três anos depois, ela continua magoada e distante dos pais, particularmente do pai. Entretanto, sua mãe decide que seria melhor os filhos passarem as férias de verão com o pai na Carolina do Norte. 

O pai de Ronnie, ex-pianista, vive tranquilamente na cidade costeira, absorto na criação de uma obra de arte que será a peça central da igreja local. Ressentida e revoltada, Ronnie rejeita toda e qualquer tentativa de aproximação do pai e ameaça voltar para Nova York antes do verão acabar. É quando Ronnie conhece Will, o garoto mais popular da cidade, e conforme vai baixando a guarda, começa a apaixonar-se profundamente por ele, abrindo-se para uma nova experiência que lhe proporcionará uma imensa felicidade - e dor - jamais sentida.

Uma história inesquecível de amor, carinho e compreensão - o primeiro amor, o amadurecimento, a relação entre pais e filhos, o recomeço e o perdão - A Última Música demonstra, como só Nicholas Sparksconsegue, as várias maneiras que o amor é capaz de partir e curar seu coração. "

28 de janeiro de 2011

Coleção de livros Itaú



Já havia falado aqui o quanto achei bacana essa iniciativa do Itaú em distribuir livros!
Li os quatro livros com Victor e combinamos de passar a diante assim que ele mesmo possa ler. Esse ano ele está sendo alfabetizado, então não deve demorar muito! 
Os livros são pequenos, mais me surpreendeu pela qualidade das folhas e gravuras!

Quanto mais cedo incentivar a leitura, mais fácil será da criança criar o habito!
Prateleiras cheias e com temas variados despertam a criança, manter os livros ao alcance também ajudam a criança ter a iniciativa de explorar os livros e não deixar que caiam no esquecimento!

25 de janeiro de 2011

Quem falou que seria fácil?

Ainda dou risada vendo essas fotos, mais juro que na hora a vontade que tenho é de colocar de castigo!
Quem vier aqui e encontrar o papel em cima da caixa acoplada do vaso, por caridade não coloque no porta rolo, minha cunhada achou que estava me fazendo um favor e o resultado foi esse...



Acabei aprendendo também a não colocar as compras do mercado no chão da cozinha, a não ser que eu queira encontrar um saco de farinha furado e um cachorro entalado!


Quem pensa em ter um bichinho fofinho desse, saiba que eles aprontam, fazem uma boa bagunça e de quebra te dão muita alegria!

Há... E não existe a possibilidade de descarte, a não ser que você possa descartar com ele seu coração!

21 de janeiro de 2011

O Amor Não tira Férias


No final de semana assisti "O Amor Não Tira Férias" e adorei! Uma comédia romântica estilo "água com açúcar", mais que me tirou bons suspiros!!!

Conta a história de duas mulheres que se conhecem num site de intercâmbio de casas depois de ambas sofrerem decepções amorosas e decidem sair de ferias! Nessa troca de casa, tudo que elas queriam era distância de homens, mas, como o amor não tira férias, acabam se envolvendo...

Comprei na intenção de assistir com o marido, mais juro que tô quase jogando a toalha, bastam dez minutos pra ele começar a dormir... Comprei também "A História de Nós Dois" e já estou ansiosa pra ver, não lembro de ter lido ou ouvido algo sobre ele, me chamou atenção por ser com Bruce Willis (adoro)!

20 de janeiro de 2011

1 Ano


Hoje o blog está fazendo um ano, pra quem não acompanhou o inicio dele vai ai um FlashBack!
Já estava a um tempo sem blog e resolvi fazer o "Virando Pipoca" depois que Bial leu um texto de Martha Medeiros no BBB, estava em uma das minhas muitas fases e acabei me identificando com o nome! De lá pra cá já foram várias mudanças, dês do nome ao layout... Pra variar, hoje ele ta ganhando uma "cara nova"!
Acho massa receber visitas e ler os comentários deixados aqui, mas o mais legal mesmo é o tempo que disponho pra mim escrevendo o que der na telha, sem compromisso algum, apenas pelo prazer de externar o que penso! 


O que posso desejar é que permaneça por muitos anos na Blogosfera! ;)

17 de janeiro de 2011

Seja bem vindo 2011

O ano iniciou da maneira que mais gosto, com familiares e amigos!





No outro dia ressaqueada, com sono e feliz!






Um ano cheio de luz e repleto de realizações a todos!!!  

6 de janeiro de 2011

Em busca de um "Dalí"

Já falei aqui que sou fã de pintura (só me falta a verba)? Tenho quatro telas pintadas a óleo, mais nenhum preconceito contra as réplicas!

Uma vez dei de presente a um amigo uma réplica de Salvador Dalí, mais sabe aqueles presentes que você compra como se fosse pra você? Vira e mexe lembro e fico na promessa de comprar uma pra mim... 
Gosto muito do estilo louco (surrealista) de Salvador Dalí e posso perder a noção do tempo "brincando" de descobrir algo camuflado em suas pinturas, o que quase sempre acontece. Mais se eu olhar um pouco mais, com um pouco mais de atenção, aposto que acho mais alguma coisa!

A réplica presenteada em questão foi "Aparição de Face e Fruteira na Praia"

Apparition of a Face and Fruit Dish on a Beach, 1938

Outras que gosto são:

- "A Persistência da Memória" (clássica) 

Persistence Of Memory, 1931

- "Cisnes Reflectindo Elefantes"

Swans Reflecting Elephants, 1936

3 de janeiro de 2011

Recomeça...


"...Se puderes, sem angústia e sem pressa e os passos que deres, nesse caminho duro do futuro, dá-os em liberdade, enquanto não alcances não descanses, de nenhum fruto queiras só metade." Miguel Torga


Só tenho a agradecer por tudo que aconteceu em 2010 e acreditar que será ainda melhor esse ano!
Estou numa faze muito legal e feliz comigo, em paz!
Obrigada aos amigos pelo simples fato de os serem, sem dúvida me ensinaram muito e ainda terei muito a aprender com vocês!
Um ano de muita paz, amor, saúde e se preciso for, de um bom recomeço!

"Bendito quem inventou o belo truque do calendário, pois o bom da segunda-feira, do dia 1º do mês e de cada ano novo é que nos dão a impressão de que a vida não continua, mas apenas recomeça..." Mário Quintana

Blogger Templates by Blog Forum