26 de fevereiro de 2010

Acne após os 25 anos

Como sofro desse mau, achei bem interessante essa matéria!






"Se você pensa que a acne é um drama exclusivo de adolescentes, temos uma novidade: é cada vez maior o número de mulheres acima dos 25 anos que apresentam o problema - muitas pela primeira vez na vida. Isso acontece por uma série de fatores, que vão desde alterações hormonais, como a síndrome dos ovários policísticos, até mudanças na qualidade de vida.


Em muitos casos, a coisa piora porque temos aquele abominável hábito de diagnosticar por conta própria o nosso tipo de pele e escolher cosméticos, maquiagem e filtros solares que não têm nada a ver com ele. O resultado, é claro, aparece em forma de cravos, espinhas e excesso de oleosidade. Para prevenir ou remediar, que tal conhecer algumas causas dessa acne tardia?


De olho no prato


Você já parou para pensar que a causa da acne pode estar no que você come? Se você é fã de alimentos com alto índice glicêmico, ricos em gorduras e sódio, é bom ficar atenta. Eles têm altas quantidades de glicose, que faz crescer a produção de insulina e aumenta a produção de sebo pelas glândulas sebáceas. O alto consumo de açúcar estimula também a produção do hormônio androgênio, associado ao aparecimento da acne. Outros provocadores do aumento do índice glicêmico são os carboidratos, presentes em pães, massas, arroz e batata.


Você sabe cuidar da sua pele?


Felizmente, segundo a nutricionista Camila Leonel Mendes de Abreu, uma alimentação balanceada pode ajudar a reverter o problema. "A manutenção de uma pele saudável está ligada a um estilo de vida adequado. Certos componentes dos alimentos podem não só combater a acne, como o envelhecimento da pele, com perda de viço, hidratação e surgimento de rugas e flacidez", afirma. Consumir alimentos frescos e trocar as versões refinadas dos alimentos pelas integrais para diminuir o índice glicêmico é um bom começo.


A nutricionista sugere o consumo regular dos seguintes alimentos:


Para obter vitaminas A e C (nutrientes com ação antioxidante) - Frutas, como laranja, limão, acerola e morango, vegetais amarelos como cenoura, abóbora e milho, vegetais verdes escuros, como espinafre, brócolis e aspargos.


Para obter vitaminas do complexo B (que ajudam a regular a produção dos hormônios que provocam a acne) - Leguminosas, pães e cereais integrais ou enriquecidos, ovos e verduras escuras.


Para suprir as necessidades do mineral zinco (que reduz inflamações e ajuda a regenerar a pele) - Carnes magras e cereais integrais.


Para obter ácidos graxos ômega 3 (que ajudam a combater inflamações e a oleosidade excessiva) - peixes gordurosos, como salmão e atum, e óleos de linhaça, gergelim e girassol.


Rotina corrida


Com essa vida louca que a gente leva, é difícil escapar do estresse. E ele, como se sabe, faz um estrago enorme no organismo. Um dos efeitos é a desordem hormonal, que acaba fazendo com que cresça a produção de cortisol. Esse hormônio faz com que a fabricação de óleo pelas glândulas sebáceas saia de controle, deixando a pele fique mais oleosa. "Isso acontece principalmente em períodos de estresse prolongado", assinala a médica dermatologista Eliandre Costa Palermo, Vice-Presidente da Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatológica.


O remédio, neste caso, é buscar alguma atividade prazerosa para espantar a ansiedade. Pode ser um hobby ou aquela viagem tão sonhada. Se a preferência for por alguma atividade física, melhor ainda. Malhar na academia, correr no parque, pedalar, fazer yoga, vale qualquer iniciativa para acalmar a mente e melhorar a disposição do corpo - e a qualidade da pele também.


Uso incorreto de cosméticos


Por mais que seja difícil resistir à tentação de comprar aqueles produtos incríveis que enfeitam as prateleiras das farmácias e casas de produtos de beleza, é preciso cautela. Sem conhecer o próprio tipo de pele, muitas mulheres compram produtos com fórmula oleosa que entopem os poros, deixam a pele gordurosa e provocam o surgimento da acne.


Saiba mais sobre cada tipo de pele


Pele oleosa - Acontece em pessoas que produzem mais secreções sebáceas e sudoríparas e que, por isso, têm a pele mais espessa, úmida e brilhante. Como os poros são dilatados, isso facilita o aparecimento de cravos e espinhas.


Pele seca - Sofre com pouca hidratação natural, tem espessura fina e aparência mais opaca. E é seca porque as glândulas sebáceas e sudoríparas não enviam muita quantidade de líquido para a superfície da pele. Isso também favorece o aparecimento - muitas vezes precoce - de rugas. Por ser mais fina, a pele seca é mais propensa a alergias e irritações.


Pele mista - É resultado de um desequilíbrio na hidratação e na produção das glândulas sebáceas. Com isso, a pele fica mais oleosa na chamada zona T (testa, nariz e queixo); já nas outras regiões do rosto, ela fica seca e desidratada. Como é mais fininha, essa pele tem tendência a apresentar rugas precoces e descamação.


Pele normal - Apresenta elasticidade normal e níveis de oleosidade na medida certa. Os poros praticamente nem aparecem e é raro apresentar cravos e espinhas. Está sempre lisa e macia e não apresenta irritações.


Pele sensível - É aquela que apresenta coceira e ardência como reações ao uso de medicamentos e cosméticos e também à exposição ao sol. Por ser fina e frágil, a pele sensível precisa de cuidados e produtos especiais. Quem tem pele clarinha tem mais facilidade para apresentar o problema.


Cada tipo de pele tem produtos que se encaixam melhor - sejam sabonetes de limpeza, hidratantes, demaquilantes ou esfoliantes. Quando se tem acne, é bom ficar atenta ao rótulo dos cosméticos e buscar produtos oil free (sem óleo). "Eles precisam ser adequados à pele oleosa ou mista, em forma de loção, gel ou sérum", destaca a Dra. Eliandre.


Se a dúvida persistir, o ideal é consultar um dermatologista que poderá indicar um produto específico ou uma fórmula personalizada para mandar fazer em farmácias de manipulação. "Produtos à base de peróxido de benzoíla, ácido retinóico, ácido salicílico, ácido glicólico, antibióticos tópicos e esfoliantes são os mais usados", sublinha a médica.


Quanto mais limpa, melhor


Uma pele limpa e bem cuidada ajuda a controlar a acne. Uma dica da Dra. Eliandre para quem sofre com o problema é adotar a rotina: lavar o rosto duas vezes ao dia com sabonete líquido, usar adstringente suave em seguida e depois aplicar filtro solar associado a produtos secativos. À noite, usar ácidos ou peróxido com ou sem antibióticos. Uma vez por semana, realizar uma esfoliação com sabonete ou gel esfoliante.


Para usar os produtos corretos para seu tipo de pele, o ideal é pedir ajuda a um dermatologista. Outra boa ideia é recorrer à esteticista pelo menos uma vez por mês para fazer uma limpeza completa e evitar o aparecimento de novos cravos e espinhas.


Maquiagem na medida


O excesso de maquiagem é um fator de aparecimento e de agravamento da acne tardia. É preciso não só reduzir a quantidade de produtos, mas também usar as versões como formulação mais leve, como a maquiagem mineral, que não entope os poros. E, é claro, limpar caprichadamente o rosto no final do dia, antes de ir para a cama, com um bom demaquilante ou lenços umedecidos. No caso do protetor solar, cujo uso diário é obrigatório para quem não quer ficar com a pele envelhecida, o ideal é adotar os de consistência leve, não-comedogênicos e oil free.


Para tratar


Segundo a Dra. Eliandre, a maioria dos casos de acne adulta é bem controlada com tratamentos de consultório. Os procedimentos incluem limpeza de pele, peeling de cristal, peeling químico, laser, luz pulsada e LED (luz emitida por diodo), entre outros. "Eles agem de diferentes formas. A limpeza de pele promove a remoção dos comedões, os peelings químico e de cristal renovam a pele, já o laser e o LED ajudam a clarear as marcas", explica.


Se o caso for leve e não necessitar de atenção especial, o jeito é apelar para produtos que disfarçam ou ajudam a evitar a acne. Nas farmácias, perfumarias e revendas de cosméticos, é possível encontrar algumas armas.


Sugestões de produtos para todos os tipos de pele


PARA DISFARÇAR


- Acne Stop Duplo Corretor Pure Zone, da L`Oréal (preço médio de R$ 19,90) - Tem dois lados: um com gel transparente para secar a espinha e outro com cor para escondê-la.


- Lapiseira Retrátil Secatriz, da Dermage (preço médio de R$29) - Tem ácido salicílico e melaleuca, que ajudam a secar as espinhas.


- Bye Bye Spot!, da Nívea (preço médio de R$ 17,75), da Nívea - É um lápis secativo com ácido salicílico e extrato de hamamélis, que ajudam a secar as espinhas e prevenir o aparecimento de outras.


PARA LIMPAR


- Deep Clean Gel de Limpeza, da Neutrogena (preço médio de R$ 20) - Voltado para peles mistas e oleosas, faz uma limpeza profunda e melhora a aparência da pele. SAC 0800 703 6363.


- Gel de Limpeza Refrescante Antiacne, Linha Acne Out da Biodolce (preço médio de R$ 24) - Contém ácido salicílico, que atua no combate a cravos e espinhas, e uma combinação de menta e xylitol, que ameniza a oleosidade da pele. SAC 0800 774 0200.


- Gel de limpeza facial Clean & Clear Morning Energy, da Johnson & Johnson (preço médio de R$ 18) - Contém microesferas nutritivas, que dissolvem suavemente, liberando vitaminas. Ajuda a remover as impurezas e a oleosidade acumuladas durante a noite. SAC 0800 703 6363.


PARA ESFOLIAR


- Esfoliante Facial de Limpeza Profunda, da Avon (R$ 18) - Faz parte da recém-lançada linha Clearskin Professional, que foi desenvolvida para mulheres e homens com mais de 25 anos que sofrem com a acne adulta. Essa linha contém ainda Discos Faciais Tonificantes de Limpeza Profunda (R$ 20) e Loção Facial de Tratamento Cosmético (R$ 19). Os três produtos podem ser comprados juntos pelo valor de R$39,90. SAC 0800 708 2866.


- Nivea Visage Young Pell Away! Gel Esfoliante (preço médio de R$ 17,88) - Atua na limpeza profunda da pele, é indicado para ser usado uma ou duas vezes por semana. SAC 0800 77 64832.


- Biomedic Gel de Limpeza, da La Roche-Posay (preço médio de R$ 90) - Contém lipohidroxiácido (LHA), um esfoliante que descama a pele e estimula a renovação celular. Também ajuda a diminuir a oleosidade, os cravos e as espinhas e promove a contração dos poros dilatados, fazendo com que a pele fique mais uniforme. SAC 0800 701 1552.


PARA CONTROLAR A OLEOSIDADE


- Nívea Visage Young Gel Creme Hidratante Control Shine (preço médio de R$ 20,60) - Hidrata e devolve umidade natural da pele, controlando a oleosidade por um longo tempo após a aplicação. Além disso, por ser um gel creme, sua base é aquosa e enriquecida com ingredientes hidratantes, que deixam a consistência mais leve e de fácil aplicação. SAC 0800 776 4832.


- Pore Minimizer T-zone Shine Control, da Clinique (preço médio de R$ 70) - Gel para controle do brilho e da oleosidade, que ajuda a reduzir os poros e o brilho que fica na zona T. Pode ser usado antes ou depois da maquiagem. SAC (11) 5501-9005.


- Normaderm Noite, da Vichy (preço médio de R$70) - Contém uma substância chamada Zincadone A, que ajuda a contrair os poros. O produto também ajuda a diminuir a oleosidade da pele e deixá-la com menos brilho. SAC 0800 701 1552."




Por: Ana Luiza Silveira
Fonte: http://msn.bolsademulher.com/

5 comentários:

  1. Muito bom o post, só não concordo com a esfoliação 3x na semana pq pelo contrário que pareça ser o excesso de limpeza da pele estimula a oleosidade da pele... pois o organismo interpreta que a proteção da pele foi retirada então produz mais e daí reazlizando isso constantemente pode ficar com uma tendencia a oleosidade !!!

    ResponderExcluir
  2. Eu luto contra isso e sei bem que é um saco...
    Agora mesmo estou com a cara triste coma proximiadde da mesntruação...
    Saquinho.

    ResponderExcluir
  3. Verdade Gily!!!
    Acho melhor apagar essa parte!
    Já tinha ouvido falar mesmo disso e na própria embalagem dos produtos indicam o uso num espaço maior de tempo. Acho que uma vez por semana ta de bom tamanho!
    Vou pesquisar e coloco mais detalhes aqui!
    Valeu pelo toque!
    Bjss

    ResponderExcluir
  4. Duda, esses dias também tava assim, a pele horrível por causa das espinhas, mais agora deu uma aliviada!
    Tenho pelo menos uma semana de pele limpa até começar tudo novamente!

    Saquinho. [2]

    ResponderExcluir
  5. Oi, Ana! Vi seu blog nos favoritos do Big Family e, como sofro desse mal, entrei pra conferir. Minha acne antes era característica do periodo da adolescencia e da genetica da familia tb. Passei dos 18/19 e ela persistiu mesmo com os tratamentos. Descobriu-se então atraves d um ultrassom q o motivo eram os benditos dos ovarios policisticos... Usei anticoncepcional por 6 meses e os cistos sumiram, mas continuei com o uso do remedio pra melhorar mais o rosto... Nessa brincadeira fiz uso do medicamento por mais de 1 ano e meio. Hoje, mais de 6 meses depois q interrompi o uso do Diclin - anticoncepcional q usava -, meu rosto virou peneira de novo... Já iniciei o tratamento com antibiotico, ácido e um outro gel + sabonete e protetor solar. Falta só fazer a ultra pra saber s tem algo com os ovarios de novo pra tratar e partir talvez para o Roacutan.

    Nossa, é um saco, viu?

    Vi q vc eh d Salvador, qual dermatologista t acompanha? Eu sou paciente do IDAB Itaigara, minha dermatologista é Drª Rita Brandão.
    Obrigada pelas dicas do post, são ótimas!

    Bjo!

    ResponderExcluir

Blogger Templates by Blog Forum