26 de fevereiro de 2010

Acne após os 25 anos

Como sofro desse mau, achei bem interessante essa matéria!






"Se você pensa que a acne é um drama exclusivo de adolescentes, temos uma novidade: é cada vez maior o número de mulheres acima dos 25 anos que apresentam o problema - muitas pela primeira vez na vida. Isso acontece por uma série de fatores, que vão desde alterações hormonais, como a síndrome dos ovários policísticos, até mudanças na qualidade de vida.


Em muitos casos, a coisa piora porque temos aquele abominável hábito de diagnosticar por conta própria o nosso tipo de pele e escolher cosméticos, maquiagem e filtros solares que não têm nada a ver com ele. O resultado, é claro, aparece em forma de cravos, espinhas e excesso de oleosidade. Para prevenir ou remediar, que tal conhecer algumas causas dessa acne tardia?


De olho no prato


Você já parou para pensar que a causa da acne pode estar no que você come? Se você é fã de alimentos com alto índice glicêmico, ricos em gorduras e sódio, é bom ficar atenta. Eles têm altas quantidades de glicose, que faz crescer a produção de insulina e aumenta a produção de sebo pelas glândulas sebáceas. O alto consumo de açúcar estimula também a produção do hormônio androgênio, associado ao aparecimento da acne. Outros provocadores do aumento do índice glicêmico são os carboidratos, presentes em pães, massas, arroz e batata.


Você sabe cuidar da sua pele?


Felizmente, segundo a nutricionista Camila Leonel Mendes de Abreu, uma alimentação balanceada pode ajudar a reverter o problema. "A manutenção de uma pele saudável está ligada a um estilo de vida adequado. Certos componentes dos alimentos podem não só combater a acne, como o envelhecimento da pele, com perda de viço, hidratação e surgimento de rugas e flacidez", afirma. Consumir alimentos frescos e trocar as versões refinadas dos alimentos pelas integrais para diminuir o índice glicêmico é um bom começo.


A nutricionista sugere o consumo regular dos seguintes alimentos:


Para obter vitaminas A e C (nutrientes com ação antioxidante) - Frutas, como laranja, limão, acerola e morango, vegetais amarelos como cenoura, abóbora e milho, vegetais verdes escuros, como espinafre, brócolis e aspargos.


Para obter vitaminas do complexo B (que ajudam a regular a produção dos hormônios que provocam a acne) - Leguminosas, pães e cereais integrais ou enriquecidos, ovos e verduras escuras.


Para suprir as necessidades do mineral zinco (que reduz inflamações e ajuda a regenerar a pele) - Carnes magras e cereais integrais.


Para obter ácidos graxos ômega 3 (que ajudam a combater inflamações e a oleosidade excessiva) - peixes gordurosos, como salmão e atum, e óleos de linhaça, gergelim e girassol.


Rotina corrida


Com essa vida louca que a gente leva, é difícil escapar do estresse. E ele, como se sabe, faz um estrago enorme no organismo. Um dos efeitos é a desordem hormonal, que acaba fazendo com que cresça a produção de cortisol. Esse hormônio faz com que a fabricação de óleo pelas glândulas sebáceas saia de controle, deixando a pele fique mais oleosa. "Isso acontece principalmente em períodos de estresse prolongado", assinala a médica dermatologista Eliandre Costa Palermo, Vice-Presidente da Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatológica.


O remédio, neste caso, é buscar alguma atividade prazerosa para espantar a ansiedade. Pode ser um hobby ou aquela viagem tão sonhada. Se a preferência for por alguma atividade física, melhor ainda. Malhar na academia, correr no parque, pedalar, fazer yoga, vale qualquer iniciativa para acalmar a mente e melhorar a disposição do corpo - e a qualidade da pele também.


Uso incorreto de cosméticos


Por mais que seja difícil resistir à tentação de comprar aqueles produtos incríveis que enfeitam as prateleiras das farmácias e casas de produtos de beleza, é preciso cautela. Sem conhecer o próprio tipo de pele, muitas mulheres compram produtos com fórmula oleosa que entopem os poros, deixam a pele gordurosa e provocam o surgimento da acne.


Saiba mais sobre cada tipo de pele


Pele oleosa - Acontece em pessoas que produzem mais secreções sebáceas e sudoríparas e que, por isso, têm a pele mais espessa, úmida e brilhante. Como os poros são dilatados, isso facilita o aparecimento de cravos e espinhas.


Pele seca - Sofre com pouca hidratação natural, tem espessura fina e aparência mais opaca. E é seca porque as glândulas sebáceas e sudoríparas não enviam muita quantidade de líquido para a superfície da pele. Isso também favorece o aparecimento - muitas vezes precoce - de rugas. Por ser mais fina, a pele seca é mais propensa a alergias e irritações.


Pele mista - É resultado de um desequilíbrio na hidratação e na produção das glândulas sebáceas. Com isso, a pele fica mais oleosa na chamada zona T (testa, nariz e queixo); já nas outras regiões do rosto, ela fica seca e desidratada. Como é mais fininha, essa pele tem tendência a apresentar rugas precoces e descamação.


Pele normal - Apresenta elasticidade normal e níveis de oleosidade na medida certa. Os poros praticamente nem aparecem e é raro apresentar cravos e espinhas. Está sempre lisa e macia e não apresenta irritações.


Pele sensível - É aquela que apresenta coceira e ardência como reações ao uso de medicamentos e cosméticos e também à exposição ao sol. Por ser fina e frágil, a pele sensível precisa de cuidados e produtos especiais. Quem tem pele clarinha tem mais facilidade para apresentar o problema.


Cada tipo de pele tem produtos que se encaixam melhor - sejam sabonetes de limpeza, hidratantes, demaquilantes ou esfoliantes. Quando se tem acne, é bom ficar atenta ao rótulo dos cosméticos e buscar produtos oil free (sem óleo). "Eles precisam ser adequados à pele oleosa ou mista, em forma de loção, gel ou sérum", destaca a Dra. Eliandre.


Se a dúvida persistir, o ideal é consultar um dermatologista que poderá indicar um produto específico ou uma fórmula personalizada para mandar fazer em farmácias de manipulação. "Produtos à base de peróxido de benzoíla, ácido retinóico, ácido salicílico, ácido glicólico, antibióticos tópicos e esfoliantes são os mais usados", sublinha a médica.


Quanto mais limpa, melhor


Uma pele limpa e bem cuidada ajuda a controlar a acne. Uma dica da Dra. Eliandre para quem sofre com o problema é adotar a rotina: lavar o rosto duas vezes ao dia com sabonete líquido, usar adstringente suave em seguida e depois aplicar filtro solar associado a produtos secativos. À noite, usar ácidos ou peróxido com ou sem antibióticos. Uma vez por semana, realizar uma esfoliação com sabonete ou gel esfoliante.


Para usar os produtos corretos para seu tipo de pele, o ideal é pedir ajuda a um dermatologista. Outra boa ideia é recorrer à esteticista pelo menos uma vez por mês para fazer uma limpeza completa e evitar o aparecimento de novos cravos e espinhas.


Maquiagem na medida


O excesso de maquiagem é um fator de aparecimento e de agravamento da acne tardia. É preciso não só reduzir a quantidade de produtos, mas também usar as versões como formulação mais leve, como a maquiagem mineral, que não entope os poros. E, é claro, limpar caprichadamente o rosto no final do dia, antes de ir para a cama, com um bom demaquilante ou lenços umedecidos. No caso do protetor solar, cujo uso diário é obrigatório para quem não quer ficar com a pele envelhecida, o ideal é adotar os de consistência leve, não-comedogênicos e oil free.


Para tratar


Segundo a Dra. Eliandre, a maioria dos casos de acne adulta é bem controlada com tratamentos de consultório. Os procedimentos incluem limpeza de pele, peeling de cristal, peeling químico, laser, luz pulsada e LED (luz emitida por diodo), entre outros. "Eles agem de diferentes formas. A limpeza de pele promove a remoção dos comedões, os peelings químico e de cristal renovam a pele, já o laser e o LED ajudam a clarear as marcas", explica.


Se o caso for leve e não necessitar de atenção especial, o jeito é apelar para produtos que disfarçam ou ajudam a evitar a acne. Nas farmácias, perfumarias e revendas de cosméticos, é possível encontrar algumas armas.


Sugestões de produtos para todos os tipos de pele


PARA DISFARÇAR


- Acne Stop Duplo Corretor Pure Zone, da L`Oréal (preço médio de R$ 19,90) - Tem dois lados: um com gel transparente para secar a espinha e outro com cor para escondê-la.


- Lapiseira Retrátil Secatriz, da Dermage (preço médio de R$29) - Tem ácido salicílico e melaleuca, que ajudam a secar as espinhas.


- Bye Bye Spot!, da Nívea (preço médio de R$ 17,75), da Nívea - É um lápis secativo com ácido salicílico e extrato de hamamélis, que ajudam a secar as espinhas e prevenir o aparecimento de outras.


PARA LIMPAR


- Deep Clean Gel de Limpeza, da Neutrogena (preço médio de R$ 20) - Voltado para peles mistas e oleosas, faz uma limpeza profunda e melhora a aparência da pele. SAC 0800 703 6363.


- Gel de Limpeza Refrescante Antiacne, Linha Acne Out da Biodolce (preço médio de R$ 24) - Contém ácido salicílico, que atua no combate a cravos e espinhas, e uma combinação de menta e xylitol, que ameniza a oleosidade da pele. SAC 0800 774 0200.


- Gel de limpeza facial Clean & Clear Morning Energy, da Johnson & Johnson (preço médio de R$ 18) - Contém microesferas nutritivas, que dissolvem suavemente, liberando vitaminas. Ajuda a remover as impurezas e a oleosidade acumuladas durante a noite. SAC 0800 703 6363.


PARA ESFOLIAR


- Esfoliante Facial de Limpeza Profunda, da Avon (R$ 18) - Faz parte da recém-lançada linha Clearskin Professional, que foi desenvolvida para mulheres e homens com mais de 25 anos que sofrem com a acne adulta. Essa linha contém ainda Discos Faciais Tonificantes de Limpeza Profunda (R$ 20) e Loção Facial de Tratamento Cosmético (R$ 19). Os três produtos podem ser comprados juntos pelo valor de R$39,90. SAC 0800 708 2866.


- Nivea Visage Young Pell Away! Gel Esfoliante (preço médio de R$ 17,88) - Atua na limpeza profunda da pele, é indicado para ser usado uma ou duas vezes por semana. SAC 0800 77 64832.


- Biomedic Gel de Limpeza, da La Roche-Posay (preço médio de R$ 90) - Contém lipohidroxiácido (LHA), um esfoliante que descama a pele e estimula a renovação celular. Também ajuda a diminuir a oleosidade, os cravos e as espinhas e promove a contração dos poros dilatados, fazendo com que a pele fique mais uniforme. SAC 0800 701 1552.


PARA CONTROLAR A OLEOSIDADE


- Nívea Visage Young Gel Creme Hidratante Control Shine (preço médio de R$ 20,60) - Hidrata e devolve umidade natural da pele, controlando a oleosidade por um longo tempo após a aplicação. Além disso, por ser um gel creme, sua base é aquosa e enriquecida com ingredientes hidratantes, que deixam a consistência mais leve e de fácil aplicação. SAC 0800 776 4832.


- Pore Minimizer T-zone Shine Control, da Clinique (preço médio de R$ 70) - Gel para controle do brilho e da oleosidade, que ajuda a reduzir os poros e o brilho que fica na zona T. Pode ser usado antes ou depois da maquiagem. SAC (11) 5501-9005.


- Normaderm Noite, da Vichy (preço médio de R$70) - Contém uma substância chamada Zincadone A, que ajuda a contrair os poros. O produto também ajuda a diminuir a oleosidade da pele e deixá-la com menos brilho. SAC 0800 701 1552."




Por: Ana Luiza Silveira
Fonte: http://msn.bolsademulher.com/

23 de fevereiro de 2010

Miss Imperfeita

"Eu não sirvo de exemplo para nada, mas, se você quer saber se isso é possível, me ofereço como piloto de testes. Sou a Miss Imperfeita, muito prazer. A imperfeita que faz tudo o que precisa fazer, como boa profissional, mãe, filha e mulher que também sou: trabalho todos os dias, ganho minha grana, vou ao supermercado, decido o cardápio das refeições, cuido dos filhos, telefono sempre para minha mãe, procuro minhas amigas, namoro, viajo, vou ao cinema, pago minhas contas, respondo a toneladas de e mails, faço revisões no dentista, mamografia, caminho meia hora diariamente, compro flores para casa, providencio os consertos domésticos e ainda faço as unhas e depilação!


E, entre uma coisa e outra, leio livros.




Portanto, sou ocupada, mas não uma workholic.


Por mais disciplinada e responsável que eu seja, aprendi duas coisinhas que operam milagres.


Primeiro: a dizer NÃO.


Segundo: a não sentir um pingo de culpa por dizer NÃO.


Existe a Coca Zero, o Fome Zero, o Recruta Zero.
Pois inclua na sua lista a Culpa Zero.


Quando você nasceu, nenhum profeta adentrou a sala da maternidade e lhe apontou o dedo dizendo que a partir daquele momento você seria modelo para os outros..


Seu pai e sua mãe, acredite, não tiveram essa expectativa: tudo o que desejaram é que você não chorasse muito durante as madrugadas e mamasse direitinho.


Você não é Nossa Senhora.


Você é, humildemente, uma mulher.


E, se não aprender a delegar, a priorizar e a se divertir, bye-bye vida interessante. Porque vida interessante não é ter a agenda lotada, não é ser sempre politicamente correta, não é topar qualquer projeto por dinheiro, não é atender a todos e criar para si a falsa impressão de ser indispensável. É ter tempo.


Tempo para fazer nada.


Tempo para fazer tudo.


Tempo para dançar sozinha na sala.


Tempo para bisbilhotar uma loja de discos.


Tempo para sumir dois dias com seu amor.


Três dias..


Cinco dias!


Tempo para uma massagem..


Tempo para ver a novela.


Tempo para receber aquela sua amiga que é consultora de produtos de beleza..


Tempo para fazer um tr abalho voluntário.


Tempo para procurar um abajur novo para seu quarto.




Tempo para conhecer outras pessoas.


Voltar a estudar.


Tempo para escrever um livro que você nem sabe se um dia será editado.


Tempo, principalmente, para descobrir que você pode ser perfeitamente organizada e profissional sem deixar de existir.


Porque nossa existência não é contabilizada por um relógio de ponto ou pela quantidade de memorandos virtuais que atolam nossa caixa postal.


Existir, a que será que se destina?


Destina-se a ter o tempo a favor, e não contra.


A mulher moderna anda muito antiga. Acredita que, se não for super, se não for mega, se não for uma executiva ISO 9000, não será bem avaliada. Está tentando provar não-sei-o-quê para não-sei-quem.


Precisa respeitar o mosaico de si mesma, privilegiar cada pedacinho de si.


Se o trabalho é um pedação de sua vida, ótimo!


Nada é mais elegante, charmoso e inteligente do que ser independente.
Mulher que se sustenta fica muito mais sexy e muito mais livre para ir e vir. Desde que lembre de separar alguns bons momentos da semana para usufruir essa independência, senão é escravidão, a mesma que nos mantinha trancafiadas em casa, espiando a vida pela janela.


Desacelerar tem um custo. Talvez seja preciso esquecer a bolsa Prada, o hotel decorado pelo Philippe Starck e o batom da M.A.C.






Mas, se você precisa vender a alma ao diabo para ter tudo isso, francamente, está precisando rever seus valores.


E descobrir que uma bolsa de palha, uma pousadinha rústica à beira-mar e o rosto lavado (ok, esqueça o rosto lavado) podem ser prazeres cinco estrelas e nos dar uma nova perspectiva sobre o que é, afinal, uma vida interessante."




Martha Medeiros (Revista do Jornal O Globo)

Blogger Templates by Blog Forum